Páginas

Metal Generation

sábado, 2 de julho de 2011

Corpete//corset

Mala Corpete - passo a passo

Finalmente uma mala corpete, desde o início da sua formação até ao fim! É claro que este é um tipo de projecto para quem se sinta à vontade com uma máquina de costura, porque à mão é mesmo muito chato. Desde já aviso que não sou nenhuma costureira profissional (compreendam que sou autodidacta), por isso, aquilo que fiz e vou postar aqui pode não estar tecnicamente correcto, mas é simplesmente a maneira mais fácil que arranjei para realizar o projecto. Espero que gostem e que consigam fazer uma malinha para vocês!



Materiais:

- Tecido à escolha para o forro e tecido à escolha para a mala
Molde com forma de corpete, previamente feito
- Molinhas, para fechar a mala
- Todos os acessórios e aplicações que desejarem colocar na mala



Materiais utilizados por mim nesta mala:

- Tafetá lilás
Renda branca (aproveitada de uma colcha)
- Tecido florido de algodão (para o forro)
Veludo lilás
Fita de renda branca
Fita de cetim cor-de-rosa
Fita de organza lilás

1º passo: cortar quadrados de tecido com tamanho suficiente para o molde da mala e com espaço suficiente para as baínhas;


2º passo: marcar, com uma caneta branca ou com lápis de costureira, o molde no tecido que vão usar para a mala e no tecido que vão usar para o forro. Se os tecidos que escolheram tiverem preceito marquem o molde no avesso.


3º passo (facultativo): "alfinetar" a renda ao tecido da mala. O avesso da renda fica virado para o direito do tecido escolhido, ficando o direito da renda para a parte da frente da peça e o avesso do tecido escolhido para a parte de trás da peça. Não se esqueçam que, se a renda tiver preceito, tem que ser alinhada com o centro, na vertical, do corpete para que fique perfeito (para marcar o centro do corpete basta medir com uma régua e traçar uma linha - não se preocupem com os riscos que vão ficar tapados com o forro). Coser a renda ao tecido com a máquina de costura. Repetir o passo para a parte de trás da mala; ficam com duas peças de renda e tafetá. Este passo serve também para fazer o forro - procede-se do mesmo modo e faz-se uma baínha normalmente.



4º passo (facultativo): marcar, no avesso da peça, a largura desejada para a aplicação de veludo, partindo do centro para os lados. Colcar o veludo por cima da renda e "alfinetá-lo" à peça, tendo o cuidado de fazer com que o veludo ultrapasse à vontade as linhas. Coser o veludo com a máquina de costura (se é o vosso primeiro trabalho deste género o melhor é não confiar só nos alfinetes e alinhavar sempre os tecidos que estão a coser, nomeadamente se estiverem a trabalhar com tecidos que estiquem ou deformem). Cortem o excesso de veludo, deixando só cerca de 2 a 3 milímetros de pano do lado de fora da costura (não se preocupem, esse tecido vai ficar tapado pela fita de renda ou pelo galão que se aplica por cima, mas isso não é para já).


5º passo (facultativo): "alfinetar" a fita de organza à peça (a peça nesta fase já tem três camadas - veludo, renda e tafetá), formando com ela o desenho que as fitas fazem ao fechar um corpete real. Coser as fitas de organza. Depois das fitas todas cosidas, cortar o excesso, deixando 3 a 4 milímetros do lado de fora da costura. Queimar as pontas da organza, o que vai selar os fios e garantir que a fita não se vai desfazer. "Alfinetar" as tiras de fita de renda ao longo da costura do veludo, tapando deste modo os excessos de tecido e fita de organza (neste caso é mesmo melhor alinhavar a fita, porque costuma deformar). Coser à máquina. Passar a fita de cetim pelas casas da fita de renda.


6º passo: colocar as duas peças de renda e tafetá com os direitos juntos (se não tiverem renda, então é só o tecido que escolheram), ficando com os avessos para fora. "Alfinetar" as duas partes fazendo coincidir a forma do corpete já marcada nos avessos do tafetá (marca que já tem uma linha costurada, da vez em que se coseu a renda ao tafetá). Neste caso é obrigatório alinhavar para que as peças não deslizem. É importante que não fiquem tortas, porque a parte de cima do corpete (a parte com dois meios círculos) tem que ficar certa para que feche correctamente. Cortar as sobras de tecido, deixando um centímetro nas laterais e na parte de baixo e deixando cerca de 2 a 3 centímetros na parte de cima.
7º passo: fazer a baínha da parte de cima da mala. Obrigatório alinhavar, para que os bordos arrendondados fiquem pefeitos. Dar pequenos corte no tecido da parte redonda para facilitar a baínha ou então fazer pequenas pregas para permitir uma melhor circunferência. Coser à máquina.

8º passo: cortar duas tiras de tecido (para as alças) com cerca de 40 cm de comprimento e 5 cm de largura, deixando cerca de 1 cm para todos os lados do rectângulo. "Alfinetar" a tira dobrada ao meio ao longo do comprimento e coser à máquina. Virar do direito e fazer uma costura ao longo do comprimento com 1 milímetro de espessura, apanhando a tira dobrada a partir do lado onde está a costura da tira. Marcar 40 cm de comprimento com dois alfinetes.


9º passo: Coser as alças à mala, fazendo coincidir as tiras com a renda aplicada à altura da mala. Os dois alfinetes servem para guiar e manter o tamanho das alças certo.


10ª passo: Coser as decorações desejadas e as molinhas para fechar. Se tiverem um forro, deve ser cosido depois, salvo se a decoração consistir num galão ou fital em volta da parte de cima da mala, nesse caso, o forro deve ser cosido primeiro e só depois o galão e as molinhas. Tudo o que for para aplicar nessa zona implica que o forro tenha que ser cosido primeiro.






]

Corset em linha Classe 
técnicas de construção básicos necessários para a construção de um corpete desossada ou corset.
Não existe um método definitivo para a construção de um corset período. O método escolhido é baseado na utilização a que o corset está sendo construído e até certo ponto o material a ser utilizado. Espartilhos foram feitas por uma multidão de pessoas e maioria dos fabricantes de espartilho desenvolveu suas próprias técnicas.
Considere algumas questões importantes antes de decidir qual método usar.
  1. Será o espartilho ou corpete, se usado apenas por uma pessoa ou vai ser usado para outras produções, em outras pessoas ou para aluguer de fatos?
  2. É o corset para uma pessoa que espera obter alguns anos de desgaste com isso?
Se você responder "Sim" para cada um dos acima, então você precisa para construir uma peça que pode ser alterada tão facilmente quanto possível.
O primeiro método vou descrever é para um corset "alteráveis" ou corpete ossatura usando duas camadas decoutil , o segundo método será para um corset "alteráveis" ou corpete ossatura usando apenas uma camada decoutil e caixa óssea . O terceiro método irá explicar minha técnica favorita que cria um corset com um interior com acabamento perfeito, mas não é alterável. Termino explicando brevemente como fazer alguma das situações acima, de um tecido de moda.
Nota: O caixa costura osso será visto no exterior de todas as três técnicas. Apenas a técnica 4, que envolve tecido moda, não tem pontos evidentes no vestuário acabado.

TÉCNICA # 1
Construindo um corset "inalteráveis" com duas camadas de coutil. Isso resulta em uma roupa muito mais estruturada e uma que vai resistir a uma grande quantidade de desgaste, se construída corretamente. Que leva a mesma quantidade de tempo para construir uma peça de vestuário de tecido pobre como ele faz para construir um a partir de tecido bom.
  1. Corte quatro de cada peça padrão, um esquerdo camada externa, 1 - camada externa direita, 1 - à esquerda dentro da camada e um - mesmo no interior camada de coutil .
Nota: você pode optar por usar uma espinha de peixe básica coutil para a camada de dentro e um cetim mais atraente ou brocado coutil para a camada externa, se assim for basta cortar duas de cada peça em cada padrão de tecido.
Dentro camada é o "forro" e fora camada é a "shell".
  1. Disposição das peças em ordem, sobre uma mesa. Lay-los para que você tenha cada lado pedaço padrão a lado como seriam costuradas. Cada "pedaço padrão" deve ser composto de duas camadas, a camada interna ea camada exterior e estes devem ser lado errado para o lado errado. diagram1 Veja abaixo .
  2. Marca a parte superior de cada "set" na costura para que você saiba qual peça é qual. Tenho tendência para colocar ao lado shell frente para a mesa do lado e forro virado para cima. Eu começo com a peça de volta à esquerda e chamá-lo o número 1, então eu número cada peça consecutivamente depois disso. Cada número vai na costura de topo, como mostrado na figura acima .
Nota: Eu sempre começo com a parte da extrema-esquerda e trabalhar para a direita, apenas para manter-se organizado, porque é tão fácil de obter as peças de um corset vitoriano misturados e até mesmo de cabeça para baixo. Outros períodos de tempo não são tão confuso, mas tenho tendência a gostar de métodos que não requerem-me a pensar tanto e emprestá-los selves ao menos possibilidade de erro.
  1. Pegue a peça "set" na extrema esquerda, que deveria ser um painel traseiro. As peças de volta são tratados de forma ligeiramente diferente como fazem as peças da frente se você estiver usando uma abertura busk .Se você seguiu as instruções acima, em seguida, as duas peças que você acabou pego são o shell painel traseiro e forro e eles estão em cima da outra com lados errados. Alterar isso para que as peças de volta são os lados direitos juntos e costurar ao longo da linha de costura zagueiro duas vezes. Pressione a abrir costura. Agora, feche os dois pedaços juntos para que os lados estão errados face a face e pressione o centro de volta costura plana. Ponto polegadas 1/8th a partir da borda pressionado. Costure ao longo da linha de costura lateral para manter as duas camadas no lugar, você também pode costurar ao longo do fundo, mas deixar a borda superior aberta. Serge tanto a costura lateral e inferior. Consulte o diagrama 2abaixo.
  1. Os painéis frontais são tratados da mesma maneira, mas o busk deve ser inserido. Pegar um conjunto frontal, coloque o forro e os lados direito acompanhado shell, correspondendo a qualquer entalhes. Deite o busk com o "loops" no lugar ao longo da linha de costura centro da frente. Consulte o diagrama 3 abaixo.Suavemente traçar o contorno do busk e marca onde os "loops" necessidade de se projetam através da linha de costura centro. (A) ponto a frente centro linha de costura, deixando manchas aberto em cada "loop" de marcação. Stitch volta antes e após cada abertura. É importante que esta costura está bem costurado. (B)

Pressione a abrir costura, dobre as camadas para trás de modo que os lados estão errados face a face e pressione a costura fechada. Top stitch polegadas 1/8th a partir da borda, mas evite costura através das lacunas onde os loops terá que passar. (C) Deslize a loops busk pelas frestas e empurre o busk firmemente no lugar. Usando um ponto de pé zipper em torno do busk. (D) Você pode querer pin os tecidos juntos. Stitch e serge a borda lateral e no fundo e deixar a borda superior aberta. Consulte o diagrama 3 acima.

Voltar as costas e painéis frontais para o seu lugar na mesa.

  1. Agora continue com o outro pedaço "sets". Pegue o conjunto seguinte à esquerda. Deve ser uma camada de shell e uma camada de revestimento com lados errados. Você pode querer pin as duas camadas juntas.Certifique-se as peças correspondem e são lado errado para o lado errado. Levá-los para sua máquina de costura e costura para baixo ambos os lados e na parte inferior, do lado de fora da linha de costura (dentro da margem de costura). Deixe a borda superior aberta, você precisará acessar o que em breve será criadotripas osso . Repita este passo com cada "set" de peças, retornando cada um ao seu lugar na mesa.
  2. Serge as mesmas bordas de cada peça, ainda deixando a borda superior aberta.
  3. Mark as carcaças de ossos para o revestimento de peças, " direita " como o lado errado é contra o tecido shell. Rastreá-las a partir do padrão de peças usando uma roda de rastreamento e sutilmente contrastantes vestido de carbono makers. Ou use tachas alfaiates .
  4. Depois de ter marcado todas as carcaças de ossos tomar cada peça para a máquina de costura e fazer as tripas por costura ao longo de cada linha marcada. Nota: Se alguma das linhas marcadas é ao longo da linha de costura, então você não precisa costurar como ele vai ficar costurada quando você costurar as peças.
  5. Todas as peças são agora " bemol "em conjunto e as carcaças de ossos estão completos. Agora pin cada peça para a próxima peça na ordem correta! Certifique-se que entalhes partida. Costure cada costura duas vezes com dois comprimentos de pontos diferentes, exemplo: 8 e 12 pontos por centímetro. Os comprimentos diferentes garantir que os pontos não serão diretamente em cima uns dos outros, o que aumenta a força. Não use pontos muito menor do que 12, uma vez que torna muito difícil arrancar quando alterações são necessárias. Nota: Se você deseja testar o ajuste da roupa, em seguida junte as costuras apenas uma vez e com um maior comprimento do ponto. Coloque a roupa, fazer os ajustes e depois costurar todas as costuras duplas, como descrito acima.
  6. Uma vez que todas as peças são costuradas, verifique se está tudo certo e que você não tem um pedaço de cabeça para baixo, pressione todas as costuras abertas. Se quiser, você pode atravessar rumo a costura para baixo.
Tempo para os ossos . Independentemente do tipo de desossa você estiver usando os próximos passos são os mesmos
  1. Meça o comprimento dos canais ósseos / carcaça. Subtrair pelo menos, 1 / 2 polegada de esta medida e cortar o osso a este comprimento. É imperativo que o osso, pelo menos, meia polegada menor do que o invólucro e até 3 / 4 "mais curto é bom, na verdade ele pode ser melhor. Se o osso não é mais curto, buracos irá resultar em uma das extremidades do embalagem, sempre que o osso acaba esfregar. I tendem a medir um comprimento e um comprimento de corte ao invés de medir todos e cortar tudo, ele salva as minhas mãos e ele salva confusão quanto cada peça fica deslizou em sua caixa, logo que ela é cortada. Os ossos pode ser deslizado em suas tripas da borda superior. Dependendo do tipo de osso que você escolher, você pode ter de ponta nas extremidades do corte. selos Tipping as extremidades para evitar bordas afiadas e perigosas.



  2. Terminar as bordas superior e inferior. Você pode fazer isso da maneira que quiser. Eu gosto de ligar as bordas com viés e encerram um cabo de tração de cabo a cabo fino na borda superior. Isto permite que a borda superior para ser desenhado em e inibe "fallout" quando o utente se inclina para frente. Guarnição do laço também pode ser usada para terminar as bordas. Para encerrar um cabo de tração, aderência fortemente o cabo termina perto do centro de volta dentro da margem de costura de topo, após a costura a tira de viés para a borda superior, direita lados juntos. Agora, terminar a viés como fazer usual se você não pegar o fio do cabo como você costura. Fita também pode ser usado que é mais atraente, mas não tão forte desgaste ou longo prazo.

TÉCNICA # 2

Construção de um corset "alteráveis" ou corpete ossatura usando apenas uma camada de coutil e osso caixa de fita . Só mais tarde corsets período utilizado esta técnica.
Nota: peças frente e de trás precisaria ter quatro de cada corte, se você estiver usando um busk e configuração ilhós ou grommets para o laço. No entanto, se você estiver usando um zíper e não há nenhuma abertura na frente, em seguida, quatro frentes e quatro costas não seria necessário.

  1. Corte dois de cada peça padrão. 1 - à esquerda e 1 - direita, como indicado pelo padrão.
  2. Marca as linhas de cobertura no lado errado do tecido, a menos que você quer que eles no exterior. Use uma roda de rastreamento e de carbono fabricante do vestido sutilmente contrastantes de.
  3. Coloque o osso caixa de fita ao longo das linhas e pino no local. Se a caixa óssea é seguir uma costura, em seguida junte a costura antes de aplicar o osso caixa de fita como você pode ser capaz de usar a "costura", que irá eliminar a maior parte dos ter costura e osso caixa de fita juntos.


  4. Costure o osso caixa de fita no lugar usando um comprimento do ponto médio de cerca de 12 pontos por polegada.
  5. Serge os lados e fundo de cada peça.
  6. Agora pin cada peça para a próxima peça na ordem correta! Certifique-se que entalhes partida. Costure cada costura duas vezes com dois comprimentos de pontos diferentes, exemplo: 8 e 12 pontos por centímetro. Os comprimentos diferentes garantir que os pontos não serão diretamente em cima uns dos outros, o que aumenta a força. Não use pontos muito menor do que 12, uma vez que torna muito difícil arrancar quando alterações são necessárias. Se você precisa para se adequar a roupa primeiro e depois costurar as costuras apenas uma vez com um maior comprimento do ponto. Coloque a roupa, fazer as alterações e costurar as costuras duplas como indicado.
  7. Uma vez que todas as peças são costuradas, verifique se está tudo certo e que você não tem um pedaço de cabeça para baixo, pressione todas as costuras abertas. Se quiser, você pode atravessar rumo a costura para baixo. Nota: Se você estiver usando uma costura de um osso caixa terá que ser suturado no local à mão ou à máquina, eu por direito stitch máquina ao longo da borda interna do o serging.


  8. Meça o comprimento dos canais ósseos / carcaça. Subtrair pelo menos ½ polegada a partir desta medida e cortar o osso para este comprimento. É imperativo que o osso ser de pelo menos ½ polegada mais curto do que o invólucro e até ¾ "mais curto é bom. Se o osso não é mais curto, buracos irá resultar em uma das extremidades do invólucro, onde o osso termina esfregar. I tendem a medir um comprimento e um comprimento de corte ao invés de medir todos e cortar tudo, ele salva as minhas mãos e ele salva confusão quanto cada peça fica deslizou em sua caixa, logo que ela é cortada. Os ossos pode ser deslizado em suas tripas da borda superior.


  9. Terminar as bordas superior e inferior com parcialidade, como descrito para o corset coutil duas camadas, fazer revestimentos para as bordas superior e inferior ou "bag-lo" usando uma forma idêntica "shell" da camada. Ao fazer isso sem costura osso será visto do lado fora.

TÉCNICA # 3

A técnica que resulta em um espartilho com um interior muito bem acabado, mas que não é alterável.

  1. Corte quatro de cada peça padrão, um esquerdo camada externa, 1 - camada externa direita, 1 - à esquerda dentro da camada e uma - a direita dentro da camada de coutil . Nota: você pode optar por usar uma espinha de peixe básica coutil para a camada de dentro e uma cetim mais atraente ou brocado coutilpara a camada externa, se assim for basta cortar duas de cada peça em cada padrão de tecido. Dentro camada é o "forro" e camada externa é o "shell". Marca o osso caixa canais no lado direito do forro usando canetas de tinta desaparecer ou uma roda de rastreamento com papel carbono de giz em uma cor semelhante ao tecido de revestimento. Ou, use tachas alfaiates (melhor método).




  2. Disposição das peças em ordem, sobre uma mesa. Lay-los para que você tenha cada lado pedaço padrão a lado como seriam costuradas. Cada "pedaço padrão" deve ser composto de duas camadas, a camada interna ea camada exterior e estes devem ser lado errado para o lado errado. Consulte o diagrama 1acima. 
  3. Pegue a parte superior da extrema-esquerda e pin-lo para a próxima peça de topo, lados direito juntos, entalhes combinando. Continue ao longo da linha de peças, prendendo e costura dupla camada superior de cada peça no lugar. Tenha cuidado para que todas as peças estão na ordem correta e não são costurados no lugar de cabeça para baixo! Passar pelo mesmo processo com a segunda camada, costurando todas as peças, os lados direitos juntos e combinando todos os entalhes. Agora você tem um shell completa e um forro completo. Se você estiver usando uma abertura frontal e uma abertura para trás, você terá quatro pedaços. Pressione todas as costuras abertas e clipe de costuras na cintura para permitir que a curva. Todas as costuras devem ser costuras duplas usando dois comprimentos de pontos diferentes. Faixa de sarja Top ponto ao longo da linha de cintura do forro, costurando junto superior e inferior da faixa de sarja da frente para trás.
  4. Lay o revestimento em cima do shell e com os lados direitos juntos, o pino no lugar na frente e peças de volta. Ponto frente ao centro e do centro de volta costuras, tal como descrito na Técnica # 1 ou # 2 para busk e aplicações grommet etapa # 's 4 e 5.
  5. Vire os pedaços lado direito para fora. Pin as peças de revestimento para regar shell e mão na costura "valas", sendo certo todas as costuras line up.
  6. Com forro lateral-se, do ponto da máquina todas as linhas de osso caixa com duas camadas de tecido.Onde caixa óssea é seguir um ponto de costura na vala e ao longo da linha de revestimento. Remover basting pontos.
  7. Lidar com ossos e acabamento de bordas superior e inferior, em Técnica # 1.
O interior deste corset vai ter o mesmo olhar terminou como o fora sem costura subsídios visível.
ver original













3 comentários:

  1. Gostei muito destas dicas,agora está mais dinâmica a construção dos meus corset's!

    ResponderExcluir
  2. Gostei...mas achei muito complicado...

    ResponderExcluir
  3. Gostei...mas achei muito complicado...

    ResponderExcluir